Olá! seja bem-vindo(a) ao blog do CEI Adolfo Artmann!

Este espaço é muito especial para todos que fazem parte do CEI Adolfo Artmann: crianças, funcionários, famílias.

Nele guardamos trabalhos pedagógicos que tem marcado significativamente a vida de professores e crianças; nossas conquistas, nosso aprendizado como grupo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Obrigado pela sua visita! Esperamos que goste!

19.7.10

Musicalização no Maternal B - 1º semestre de 2010

"Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música não começaria com partituras, notas e pautas. Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria sobre os instrumentos que fazem a música. Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas. Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes"
Rubem Alves: "A Alegria de Ensinar"

Nas rodas de cantigas, as crianças já começavam a manifestar preferência por algumas canções.  A turma interessou-se muito pelas canções com onomatopéias, como sons dos objetos da cozinha ou dos animais, nas músicas da “Cozinha da Mamãe” e “O Bode Espirrou”. Devido a este interesse era possível avançar para outras áreas do conhecimento, outras linguagens, como Arte e Movimento. A bandinha rítmica foi introduzidas às atividades de musicalização a partir do dia 26/03: foram trabalhados os cuidados no manuseio e com o volume do som produzido. Combinamos sinais para forte/fraco e silêncio, que passaram a ser utilizados nas demais ocasiões relacionadas a musicalização. Além de explorar os instrumentos na roda de canções, alguns jogos de acuidade auditiva também foram realizados utilizando estes instrumentos, como descobrir a direção do som de olhos vendados, ou descobrir qual foi o instrumento que tocou, através da percepção do timbre.
As crianças também tiveram contato com outros instrumentos, além da bandinha: pau-de-chuva, flautas e teclado.  O som do pau-de-chuva foi relacionado pelas crianças a fenômenos da natureza, como o vento, a chuva e o mar. Com as flautas (doce e Tim vistle) as crianças conseguiram perceber diferenças de timbre em instrumentos semelhantes e observaram que a força do sopro interfere no volume do som. O teclado ofereceu contato com uma variedade maior de sons, por reproduzir timbres de outros instrumentos e possibilidades de ritmos e foi explorado livremente.
Histórias cantadas como “João e Maria” e “Agora Vou Passear” foram muito apreciadas pelo grupo, que solicitava semanalmente a repetição destas vivências.
O que mais se destacou na turma do Maternal II em relação ao trabalho de Musicalização foi a exploração dos instrumentos: as crianças demonstraram muita curiosidade em saber do que eram feitos os instrumentos, o que tem dentro do chocalho e com é feito o tambor. A partir desta curiosidade surgiu a oportunidade de confeccionar instrumentos e, para isto, estamos utilizando recursos que a natureza oferece e também algumas sucatas. No final do 1º semestre pintamos catutus e estamos escolhendo materiais que produzem sons interessantes para preenchermos os chocalhos. O trabalho terá continuidade no 2º semestre.
Pintura dos chocalhos

Preenchendo com grãos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sobre postagens e o blog do CEI Adolfo Artmann